Árvore do Conhecimento

Share the love of meditation…Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on StumbleUpon

Kundalini AwakeningAuto-Realização (despertar da Kundalini)

É dito que um ser humano atinge sua auto-realização, quando a sua Kundalini é despertada.
Nos conectamos com o nosso espírito e nos encontramos espontaneamente em um estado de meditação quando, a energia espiritual materna conhecida como Kundalini desperta e se torna ativa.

A energia da Kundalini sobe a partir do osso sacro (localizado na parte inferior da coluna), através da coluna vertebral. Como resultado, os centros de energia (ou chakras) tornam-se energizados ou nutridos. Quando essa energia passa através do cérebro, nós alcançamos espontaneamente o silêncio mental.

Os 3 Canais de Energia

Em nosso sistema sutil há 3 canais de energia. Eles correspondem aos sistemas nervoso simpático e parassimpático na coluna vertebral. Eles são o canal direito (amarelo), canal esquerdo (azul) e canal central (branco).

left channelO canal esquerdo (ida nadi)
O canal esquerdo (azul) corresponde ao nosso passado, emoções, desejos e nossa afeição pelos outros. Sua terminação é o superego, onde se acumulam todas as nossas memórias, hábitos e condicionamentos. A maior qualidade do lado esquerdo é a alegria, que é a natureza básica do espírito. Você pode se lembrar de ter tido essa alegria quando criança, ou você pode ter observado ela em crianças pequenas. O desejo por esta alegria ainda existe dentro de nós tão fortemente como quando éramos crianças. Ele pode estar bloqueado ou coberto por “manchas” de feridas emocionais ou físicas. Antes da Meditação Sahaja, não tínhamos técnicas eficazes para a limpeza de nossas dores e feridas. A prática da Meditação Sahaja nos ajuda a eliminar as velhas tensões e recuperar a alegria como um estado de equilíbrio do ser.

Problemas do lado esquerdo tendem a resultar em extrema submissão ou desequilíbrio emocional, que nos lançam entre euforia e depressão. Com este tipo de desequilíbrio, a autodisciplina torna-se difícil e maus hábitos difíceis de corrigir. No pior dos casos, nos tornamos letárgicos e obcecados por nós mesmos. Como este canal também alimenta a área do crânio, a pressão sobre o cérebro torna-se excessiva. Este ciclo é o que causa colapso mental, epilepsia e senilidade (deterioração do cérebro).

right channelO canal direito (pingala nadi)
O canal direito (amarelo) corresponde às nossas ações e planejamentos, e nossa atividade física e mental. Sua terminação é o ego, que nos dá a idéia de egocentrismo, a sensação de que estamos separados do mundo. O canal direito é também chamado de Canal do Sol. Ele começa no segundo chakra e eleva-se no lado direito. Ele cruza para a têmpora esquerda (ego) no sexto chakra.

O canal direito fornece a canalização para a nossa energia de ação. Esta energia é composta por nossas atividades mentais e físicas. Quando a demanda de energia por esse lado é muito grande, o lado esquerdo é enfraquecido, o desejo pela alegria do espírito se evapora. Quando o lado direito domina, a personalidade torna-se muito seca e agressiva. Um excesso de pressão dispara então para têmpora esquerda e para o ego, inflando um balão que bloqueia o canal central. O sistema inteiro se desequilibra. Cegado pelo ego, a  sensibilidade para nossas próprias emoções é diminuída. Decisões e ações que dominam ou perturbam a vida dos outros são tomadas, com uma firme convicção de que elas são “necessárias” e “lógicas”. Levados a esse extremo, o comportamento do lado direito gera doenças cardíacas.

Práticas de meditação Sahaja são eficazes em remover bloqueios e equilibrar os chakras e canais. Ao fazer meditações e técnicas simples, pode-se começar cada dia com a alegria dos chakras abertos e a energia de um sistema equilibrado. Você pode revitalizar o seu si e as relações em torno de você, simplesmente por trabalhar sobre si mesmo de dentro para fora.

central channelO canal central (sushumna nadi)
O canal central é o canal da ascenção. É o poder que sustenta nossa evolução e nos guia, consciente ou inconsciente, para a consciência superior do Sahasrara (chakra superior). O canal central é também chamado de Caminho do Meio. Ele começa no local onde reside a Kundalini e sobe diretamente pela coluna vertebral até o chakra mais alto.

Como canalizador do sistema nervoso parassimpático, o canal central coordena o sistema de atividades involuntárias. Nós não temos controle consciente sobre essas atividades. Nosso coração bate, os nossos pulmões respiram, o nosso sistema sanguíneo produz plasma, o nosso cérebro centraliza e coordena a comunicação, a nossa mente realiza “o processamento de frases e palavras” … todas essas funções incríveis – e mais – opera mais eficientemente que mais de quarenta bilhões de computadores.

As atividades que ocorrem através do sistema parassimpático são acontecimentos espontâneos. Eles acontecem naturalmente, sem fazermos nada. A ascenção da Kundalini e seu trabalho, assim como todas as outras atividades espirituais, são espontâneas. Assim, o termo Sahaja foi escolhido para marcar este tipo de meditação, porque ele significa espontâneo. A implicação da natureza parassimpática do caminho do meio é que a ascensão da Kundalini é totalmente além da nossa própria vontade ou controle.

Uma vez que nossa kundalini tenha sido despertada e tenha percorrido através deste canal central, até o topo da cabeça, podemos começar a tomar consciência da vasta galáxia do nosso sistema interno sutil. Essa “iluminação” inicial ou a Realização é só o começo de nossa maior aventura.

Mais sobre Kundalini

elgrecosKundalini é a energia primordial, a fonte de todas energias. É uma energia viva que sabe como agir. Antes da Auto-Realização, a Kundalini reside adormecida no osso sacro, na base da coluna. Ela é completamente pura e imaculada. Ela não pode ser manchada ou maculada.

A Kundalini vai contra a força da gravidade. Ela sobe por conta própria, como o fogo. Ela purifica, consome e limpa tudo o que é inútil (idéias, desejos, sentimentos que nos levam longe da espiritualidade). Ela não absorve imperfeições e sim, as remove. É por isso que às vezes sintimos calor nas mãos durante a meditação.

Há muitos símbolos antigos da Kundalini, incluindo o da serpente e do rio de água celestial. O alvorecer da Era de Aquário sinalizou seu despertar.

Quer seja chamada de “Chi” pelos Chineses, “Ki” pelos japoneses, “Prana” pelos yogis Indianos, “Ruach” pelos profetas Hebreus, “Ruh” pelos santos Sufis, “Pneuma” pelos Gregos ou “Spiritus”, a palavra em latim da qual deriva a palavra em inglês “Espírito”, Ela tem o mesmo significado em todas essas línguas e nessas diversas culturas: Sopro da Vida.

Ela emite o impulso de procurar por algo maior, para a busca espiritual.

Ela gera o poder do puro desejo — o poder de evoluir e tornar-se um com o espírito.

arrow O que devo fazer em seguida?

Master your meditation skills
Onlinemeditation.org is provided for free by VND Educational Society (non-profit)